Make your own free website on Tripod.com

Lesoes
Lesoes
Home
Lesoes
Anatomia da Pele
Classificacao das Feridas
Avaliacao do Enfermeiro
Processo Cicatricial
Curativos
Mensurando as Feridas
Cuidados com a Pele Peri-lesional
Coberturas de Feridas
Tipos de Desbridamento
Escala preditivas
Laser Terapia
Terapia Hiperbarica no Tratamento de Feridas
Bibliografia
Portocath

Neste espaco voce podera consultar sobre tratamento de feridas
ou consulte-nos: enfermeiro_ribeiro@yahoo.com.br

curativo.jpg

figura10.jpg

Tratamento de Feridas

 

Historico

 

FERIDA

Definicao - I

E Toda e qualquer injuria que o organismo sofre podendo haver ou nao Solucao de continuidade, varia de acordo com sua localizacao, agente que o produziu.

Definicao - II

E definida como qualquer lesao no tecido epitelial, mucosas ou orgaos com prejuizo de suas funcoes basicas.

 

Introducao

 

A saude e uma area de trabalho no qual a pesquisa cientifica e sempre ativa; os constantes progressos permitem melhorar a conduta clinico-cirurgica e, consequentemente, a possibilidade de cura e recuperacao dos clientes.

Desde a era pre-historica eram preparados cataplasmas de folhas e ervas com o intuito de estancar a hemorragia e facilitar a cicatrizacao. Com o passar do tempo e evolucao das civilizacoes foram sendo aperfeicoados varios metodos como emplastos de ervas, mel, cauterizacao das feridas com oleos ferventes ou ferro quente, desinfeccao com alcool proveniente do vinho, utilizacao de banha de origem animal, cinzas, incenso, mirra, etc.

Os egipcios eram habilidosissimos no processo de embalsamamento, para o tratamento de feridas utilizavam o conceito de ferida limpa, com a utilizacao de oleos vegetais, e ocluida com cataplasmas e faixas de algodao.

Na civilizacao grega e posteriormente na romana o tratamento de feridas tambem assumiu papel de destaque. Utilizavam-se emplastos, banhas, oleos minerais, pomadas e vinho.

Na periodo medieval a figura da bruxa assume importante papel no tratamento de feridas associando as plantas medicinais, teia de aranha, ovo, cauterizacao com oleo quente associado ao auxilio das preces. O corpo humano era considerado sagrado, lugar de residencia do espirito ou das forcas demoniacas. Na mesma epoca os monasterios desenvolviam cada vez mais o estudo das plantas Fitoterapia, acentuando a importancia da manutencao da ferida limpa, a remocao dos corpos estranhos e tecido necrotico, a necessidade de controle da hemorragia, atraves de compressoes locais, cauterizacoes e ligaduras dos vasos sangrantes.

A historia da medicina reporta o surgimento da penicilina (I Guerra Mundial) como um grande passo para o controle da infeccao. Progressivamente chegou-se aos conceitos atuais com a manutencao do leito da ferida umido, pois este procedimento acelera o processo de cicatrizacao.

Historicamente o tratamento de feridas tem como filosofia, a protecao das lesoes contra a acao de agentes externos fisicos, mecanicos ou biologicos. A preocupacao com a contaminacao exogena por microorganismos fez com que fossem instituidas tecnicas de curativo, onde o principio basico era a manutencao do curativo limpo e seco

Antigamente os curativos eram feitos por medicos e estudantes de medicina. Na decada de 30 a tarefa foi transferida para freiras experientes. Posteriormente na decada de 40 a tarefa era de responsabilidade da enfermeira e tinha um cunho mistico:

- tecnica asseptica sem tocar no paciente;

- esterilizadores de agua para o preparo do material;

- uso de mascaras e aventais;

- uso de duas enfermeiras: enfermeira suja e enfermeira limpa;

- colocacao do material no carrinho;

- frequencia na lavagem das maos;

- troca diaria; uma ou duas vezes;

- uso de pincas e algodao;

Winter em 1962 demosntrou que o meio umido, enzimas como as colagenases e proteinases capacitam as celulas para migrarem atraves da ferida para as areas umidas onde ha fibrina. Como epitelizacao significa migracao celular, o meio umido favorece condicoes fisiologicas para a cicatrizacao. Quando permitimos a uma ferida secar e formar uma crosta, as celulas epiteliais necessitam penetrar mais profundamente na lesao, para encontrar um plano de umidade que permita sua proliferacao. Assim sendo, uma ferida seca exigiramaior atividade metabolica e necessitara de mais tempo para a cura. A crosta tambem e um fator que prejudica a visualizacao da evolucao do processo cicatricial e muitas vezes impede o diagnostico precoce de complicacoes infecciosas.

Recentemente houve uma avaliacao critica desses metodos e realizado mudancas de praticas mais baseadas em pesquisa.

Nos ultimos anos houve uma explosao na quantidade de novos produtos de tratamento das feridas. Esses produtos foram elaborados para ter um efeito funcional.

 

FERIDOLOGO

E aquele que ocupa-se de estudos, pesquisas e tratamentos de feridas. E aquele que "ve" alem da ferida, preocupando-se do paciente/cliente como um todo, holisticamente, do corpo e da alma. Nao e onipotente, nao se prende a preceitos, acredita que o tratamento de feridas deva ter abordagem interdisciplinar, pois cre que exista conhecimentos especificos de cada area onde profissionais habilitados poderao acrescentar outros conceitos produtivos. E aquele que reuni varios conhecimentos e experiencias, dispoem-se em compartilha-los e adquirir nova metodologia. E aquele que respeita a ferida, que conhece a fisiopatologia da cicatrizacao, que sabe quais sao os fatores que podem retarda-la e aqueles que a aceleram. E aquele que se importa com o que? com o qual? e com o como? O QUE significa realizar o diagnostico correto, atraves da anamnese adequada. O QUAL significa identificar o periodo evolutivo cicatricial, pois determina-lo e fundamental na escolha do tratamento. O COMO significa saber tratar a ferida de forma ideal, segundo os meios e recursos disponiveis, de acordo com os fatores socio-economicos do paciente e do servico de atendimento. E aquele que nao se preocupa em utilizar somente as proposicoes de tratamento pre-definidas e pre-determinadas, mas sim aquele que busca novas solucoes e metodos alternativos, sabendo criar e improvisar um modo que possa ser tanto resolutivo quanto eficaz, procurando diminuir o divario do fator custo x beneficio. E aquele que se preocupa, alem do "fechamento" da ferida, com o restabelecimento da atividade funcional da area traumatizada. E aquele que sabe respeitar o cliente, que conquista a sua confianca, que o envolve, fazendo-o participar ativamente do seu proprio tratamento, mostrando a ele que a sua colaboracao e de real importancia. E aquele que presa pelo trabalho etico e transparente. E aquele que utiliza o bom senso para superar os obstaculos, transpondo diretamente a barreira ou, quando conveniente, girando em torno dela.

O feridologo acredita em poder melhorar a qualidade de vida de seus clientes oferecendo-os tratamento, atencao e o melhor de si!

 

A IMPORTANCIA DA ABORDAGEM INTERDISCIPLINAR

 

O trabalho em equipe e tudo, mas e necessario abdicar de vaidades pessoais em prol do grupo, e necessario conhecer e respeitar a interseccao de conjuntos, ou seja, do espaco de cada integrante, dos seus direitos e deveres. Chegar a formar uma equipe multidisciplinar e o primeiro passo, mas de nada adiantaria se cada membro atuasse de modo individual, sem que se preocupasse com o todo. O ideal e a formacao de um grupo interdisciplinar, com cada profissional ocupando-se da sua area especifica, mas preocupando-se tambem do que esta acontecendo paralelamente, de forma que o tratamento seja global e integrativo, onde e fundamental a troca de informacoes. E necessaria a avaliacao inicial abrangente, com o envolvimento de tantos profissionais quanto necessario. Sera tracada a terapia de tratamento, bem como as alternativas e tambem a realizacao de reunioes periodicas para avaliar a evolucao. Participar de cursos de reciclagem profissional e importante para as nossas pretensoes, o vale dos dinossauros foi extinto ha milhoes de anos atras. A ordem e reciclar-se!

Com objetivos, ideais e pensamentos semelhantes no inicio de 2000, varios profissionais uniram-se com o intuito de organizar um grupo de estudos, assim nasceu o Nucleo Interdisciplinar de Pesquisa de Tratamento de Feridas, de caracteristica multicentrica e com base cibernetica. E um nucleo interativo, dinamico e constante, com propostas simples e ambiciosas. Esperamos que com os auspicios do novo milenio possamos fortalecer cada vez mais os nossos objetivos, ou seja, melhorar a qualidade de vida daqueles que assistimos.

No trabalho desenvolvido por uma equipe interdisciplinar, o ideal seria uma avaliacao inicial com o medico e/ou enfermeiro que determinariam o tipo de tratamento da ferida e poderiam solicitar a intervencao dos outros profissionais quando conveniente.

 

CONVIDAMOS TODOS OS FERIDOLOGOS PARA OPINAR QUAL DEVE OU DEVERIA SER O PAPEL DE CADA UM DENTRO DE UMA EQUIPE INTERDISCIPLINAR IDEAL!!!

 

- Medico

- Enfermeiro

- Auxiliar e Tecnico de Enfermagem

- Fisioterapeuta

- Terapeuta Ocupacional

- Podologo

- Tecnico de Ortese e Protese

- Nutricionista

- Psicologo

- Farmaceutico

- Microbiologista

- Assistente Social

- Bioquimico

- Biologo

- Bioengenheiro

- Engenheiro Agronomo

- Medico Veterinario

- Dentista

- Jornalista

- Cliente

- Familia